Hino da semana / Dica da semana

Mais um hino recomendado pelo meu professor de canto!

Passamos ele semana passada, achei a letra muito linda e resolvi trazer pro nosso hino semanal!


O segundo tópico de hoje é sobre o quadro Hino da semana. A partir de hoje ele vai se chamar dica da semana! E pra quem me fala que está sempre aqui olhando os hinos, não vou deixar de postá-los, mas vou incrementar o quadro com sugestões de outras coisas, como algumas pregações que vi e amo, pra pessoas que assim como eu amam assistir!

E começando por uma que não canso de assistir, (já vi umas 4 ou 5 vezes), da Missionaria Helena Raquel.

Eu sei que é bem grande, geralmente esses tipos de videos são em torno de 1 hora, este em particular é um pouco mais extenso, mas você pode conciliar o horário que estiver fazendo outra coisa pra ouvir. Seja lavando vasilhas, cozinhando ou arrumando casa, coloca no volume máximo e pronto! # ficaadica Quando meu dia tá corrido eu faço isso!

Confesso que muitas pregações sugeridas aqui serão dela, porque são mensagens muito edificantes e muito bem explicadas! E o melhor é que a cada dia o Senhor nos toca de uma forma diferente, mesmo assistindo a mesma palavra! Que você seja tocado pelo Espirito Santo ao assistir essa pregação, e seja confrontado pelo seu poder transformador!

Hino da Semana

Olá amigos,

Espero que o fim de semana de vocês tenha sido abençoado!

Hoje um pouco (ou muito) atrasada, mas com o hino sugerido da semana: Santo Espírito – Laura Souguellis/ Holy Spirit – Jesus Culture.

Que nós possamos realmente convidar o Espírito Santo pra perto de nós, com o discernimento de deixar o caminho livre pra Ele!

O hino combina muito com o livro que escolhi ler e vou falar sobre ele na primeira resenha aqui no blog em alguns dias.

Gosto dele tanto em português quanto em inglês, então vou colocar o link dos dois.

Ler ou não ler, eis a questão!

IMG_2949

O hábito da leitura voltou com força hoje em dia. Seja por aplicativos no celular ou com o velho e formoso livro. Mesmo assim milhares de pessoas ainda não têm o hábito da leitura. E foi pensando nisso que formulei mais um tema pro blog: “Ler ou não ler, eis a questão“. E como disse no post sobre tempo, eu consigo me organizar melhor pra ler quando me desafio a fazer isso. Então esse será mais um desafio pra mim, e quem sabe pra vocês também.

Explicando mais sobre como vai funcionar o quadro: A cada 15 dias ou 1 semana (dependendo do tempo que terei pra ler e o número de páginas do livro), estarei postando o nome de 1 livro, e quando o prazo acabar, trago um resumo aqui sem muitos spoilers pra quem se interessar a ler o livro não perder a emoção, e assim por diante. Que tal?

E se você tem vários livros em casa mas por algum motivo começa a ler e para na metade (faço isso sempre), entre no desafio comigo, e vamos compartilhando o progresso por aqui!

Daí pra você que ainda não tem muitos livros, em certas semanas podemos marcar leituras da Bíblia também, pega lá a sua que tá no canto do quarto, talvez até com poeira em cima, e vamos ler, porque nem só de celular viverá o homem, amém? (deixa eu só abrir o whats aqui rapidinho, já volto pra terminar o post).

Genteeeeee, já são 7 horas da noite, comecei o post 11 da manhã, acho que empolguei no whats


hahahahaha brincadeiras a parte, (não, não são 7 horas da noite e não, não tenho problemas, eu acho), pensando nisso, resolvi mudar o rumo do sorteio, e sortear um livro pra vocês!

Ainda estou esperando uma confirmação da editora sobre esse livro em especial, mas assim que eles me derem a resposta eu falo aqui no blog.

Um bom fim de semana e fiquem com Deus!

Memorial day (25 de maio)

Esse post é meio diferente, mas espero que vocês gostem!

Hoje é memorial day aqui nos Estados Unidos, e portanto não trabalhei.  Aproveitei o dia pra passear com meus pais, já que meu marido estava trabalhando.

Ontem foi aniversário da minha mãe e então pode-se dizer que a comemoração se estendeu até hoje. Saímos após o almoço pra um passeio em outra cidade.

Acabamos indo visitar uma amiga, depois fomos pra uma loja e em seguida pro mall.


  

Esse mall é bem grande, com várias lojas conhecidas. Andamos, andamos e andamos, e o dia voou! Fui nas lojas que precisava ir: Charlotte Russe, Forever 21, Michael Kors e Mac. Como saímos meio tarde e tínhamos compromisso a noite, voltamos atardezinha.


(Olha a felicidade da pessoa) 🙂

Comprei algumas coisinhas, dentre elas 2 batons que vou trazer a resenha aqui no blog amanhã ou depois!

E por hoje é só, espero que a semana de vocês tenha começado bem,

Uma boa noite e fiquem com Deus!

Hino da semana

Chegouuuu mais uma segunda, e com ela também vem nosso hino da semana!

Esse de hoje acabei ouvindo por acaso, numa playlist da Kari Jobe (que acompanho e tenho muitos hinos delas pra sugerir em um outro post).

O nome do hino é I am not alone, e ele retrata bem o que diz no nome (eu não estou sozinho).

A nossa confiança deve estar sempre no Senhor. Ele nunca nos deixa só, seja em momentos difíceis ou trabalhosos, o Senhor foi, é e sempre será aquele que nos sustenta.

Essa é a dica de hoje! Espero que vocês gostem,

Fiquem na paz!

Escravos do tempo?

11304054_880528912007671_749857920_n

Estive pensando em alguns assuntos pra posts, e esse com certeza é o que mais tenho refletido: o tempo.

É bem verdade que nosso tempo tem estado mais corrido a cada dia que passa, temos tantas coisas pra fazer que quando assustamos já está a noite e o que aconteceu? Não fizemos nem metade dos planos pro dia!

E quando será que nos tornamos escravos do tempo? A resposta se encontra em Eclesiastes 3:1:  “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.”

Daí você me pergunta: O que isso tem a ver com ser escravo do tempo?

Quando não dividimos o nosso tempo, nos tornamos escravos dele. E o motivo disso, também está em Eclesiastes 3, do 2 ao 8). Porque vemos que há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;… então quando vivemos desleixados quanto a isso, acabamos por não conseguir ter o controle da situação.

Há alguns dias adquiri os livros de colorir Jardim Secreto e Floresta Encantada. Ouvi dizer que eram ótimos e que quem compra  não arrepende.

11012426_876942262366336_2943821749295212945_n

(daqui uns dias os desenhos vão sair melhores, eu creio! kkkk)

De certo não arrependi, mas ouvi comentários como: “Não tenho tempo pra colorir”. E desde então esse assunto vem martelando na minha cabeça.

Será que estamos sendo verdadeiros quando dizemos não ter tempo pra certas coisas? Será que estamos sabendo dividir nosso tempo? Porque será que as vezes parece que nosso dia tem menos horas porque chega ao final e não fazemos o que tínhamos em mente?

Uma coisa que tem dado certo pra mim, é colocar metas para o meu dia. Não somente pensar que quero ler 5 capítulos da Bíblia amanhã, mas traçar uma meta de ler os 5 capítulos. Fiz isso há um tempo atrás e consegui ler 10 livros da Bíblia num piscar de olhos. Mas o que me ajuda muito é estipular um prazo pra acabar. Como um desafio a mim mesma de concluir a leitura em 20 dias, por exemplo. Nesses dias estarei focada porque sei que tenho um limite de tempo pra ler. E isso com certeza me deu um empurrão a mais! Desde pequena gosto de fazer esses “desafios” (como andar daqui até a esquina em 1 minuto, ou andar num ritmo certo pra encaixar os pés nos quadrados da calçada, hahahaha acho que era a única a fazer isso).

Outra coisa que pode funcionar é baixar algum app de to do list, que são esses que você coloca o que tem pra fazer no dia. Pra mim não deu certo, confesso  que já até baixei aplicativos assim, mas fico com preguiça de ficar adicionando o que tenho pra fazer e mesmo se adicionar não tenho paciência pra ir olhando toda hora pra ver o que falta! Prefiro meu desafio 🙂

Então fica essa dica pra você que não consegue conciliar os afazeres do dia, e acaba se tornando “preso” por não conseguir realizar o que precisa! Fala aí nos comentários o que te ajuda/atrapalha quando o assunto é administrar o tempo!

Obs: deixar o celular de lado por algumas horas também trás resultados.

Obs2: mas tem que deixar de lado sem ficar checando o whats.

Obs3: ninguém te mandou mensagem no facebook não, volta pro desafio!

hahaha até a próxima!

Hino da semana

Oi de novo, tô aqui pra sugestão de hino da semana!

Atrasada eu sei, mas é tudo pela melhoria do blog, pra quem acha que criar blog é simplesmente cadastrar um e-mail e começar a escrever, assim como eu pensava, saiba que não é bem assim que as coisas funcionam! São muitos detalhes, e tô trabalhando neles pra daqui uns dias, assim espero, o blog ficar realmente como eu quero! 🙂

Hoje resolvi trazer não um, mas dois hinos! Um em português, e o outro em inglês! Escuto muito os dois, então nem tenho como escolher o mais bonito.

O primeiro, do Eli Soares, Me ajude a melhorar, tá na minha playlist há alguns meses. Então, já tô quase cantando ele de trás pra frente, de tanto que escuto! Porque quando eu gosto de um louvor, muitas vezes acordo e já lembro dele, vou pro trabalho e coloco no carro pra ouvir, saio do trabalho pensando nele, faço snaps cantando ele e por aí vai! hahaha Acho que todo mundo é assim né? Ou não?

E o problema de ter que abrir o youtube pra pegar o link é que deixo o hino rolando, e aí já viu né? Pausa pra cantar aqui! “Me perdooooaa, todas as vezes que eu Te entristeci, não pensei em Cristo, eu só pensei em mim…”

E o segundo, com o som bem diferente e mais calmo, é o Oceans, do Hillsong.

Esse além de ter uma melodia linda, tem a letra mais linda ainda. Vale a pena conferir!

E enquanto você escuta, já vou contando a novidade (que não é mais tanta novidade depois do post de sexta haha): SORTEIO! O combinado era de eu vir contar na sexta ou sábado, mas na correria acabei deixando pra hoje.

Ainda estou pensando nas premiações, mas creio que até semana que vem já vou ter tudo programado! E, como todo sorteio, vai ser bem fácil pra concorrer: Vou postar 1 foto oficial no instagram e 1 no facebook. Pra participar basta estar seguindo o blog aqui e nas redes sociais, e marcar 3 amigos pra participarem também!

De qualquer forma volto com mais detalhes na semana que vem, fiquem com Deus e na paz do Senhor!

Vida com Deus?

  
Hoje apesar de o assunto ser mais sério, ele não pode ser descartado. Quem nunca se questionou sobre estar no caminho certo, que atire a primeira pedra. Posso afirmar, que só tive essa certeza quando resolvi não viver de ir à igreja ou louvar, mas ter uma vida totalmente transformada pelo Espírito Santo.

Nasci em um lar cristão, sou filha de pastor, mas posso dizer que vim conhecer o Todo Poderoso, depois de mais velha.

Pasmem ou não, mas quem nasce na igreja não é crentinho, e filho de pastor não é pastorzinho. Nossa vida é feita de decisões, e existe uma enorme diferença em estar na igreja por costume e estar na igreja por conhecer e entender o que se passa dentro dela.

É claro que adorei ao Senhor com muita intensidade e com o coração verdadeiro quando criança, adolescente e jovem. Mas depois de me aprofundar em um relacionamento com Deus, o peso dessa adoração é diferente.

Parece impossível, mas em conversa com alguns jovens cristãos, vejo que ainda falta essa conexão com Deus, uma vida de separação do mundo ou até mesmo um conhecimento da Palavra. E só consegue viver em santidade, quem entende o motivo pelo qual deve fazer isso.

Sim, é difícil renunciar as ofertas do inimigo, mas principalmente quando não estamos equipados adequadamente para a batalha (Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do Diabo; Ef 6:11). E é por isso que a jornada de leitura da palavra, oração, jejum e santificação (renúncia), estão entrelaçadas.

Recomento um livro que terminei de ler recentemente: E foi assim. Ele foi escrito pela cantora Fernanda Brum, que abertamente nos conta sua trajetória, desde a infância, até a sua fase adulta. Com experiências incríveis e marcantes, ela nos proporciona uma viagem de conhecimento e instiga-nos a buscar uma vida na dependência do Espírito Santo!

É isso por agora, mas creio que mais tarde ou amanhã trago um post de novidade pra vocês (não vou contar que é sorteio, hahaha). Fiquem ligados!

Hino da Semana 🎶

Heyy amigos!

Hoje começo um novo quadro no blog: Hino da Semana!

Como sempre estou à procura de hinos novos e sei que, assim como eu, muitos também procuram sugestões, achei que seria legal ter algo relacionado a isso. Então toda segunda-feira estarei trazendo 1 hino diferente!

O de hoje foi uma recomendação do meu professor de canto. A gente tá passando ela, e eu simplesmente amei a sugestão! Tô fazendo o post ao som dela hahaha

Rachael Lampa – Blessed

Tá aí! Espero que gostem, essa versão acústica é linda!

Casada sim, feliz também!

Oii de novo amigos, tô de volta pro primeiro post “oficial” do blog. E o título do post (Casada sim, feliz também) na verdade, era o nome que queria dar ao blog antes, simplesmente pelo fato de esse ser o motivo de tantas perguntas que recebo. Acabei optando pelo heysarahh, pra não parecer que o site era feito só para meninas (acho pouco provável um rapaz vir num blog que se chama casada sim..hahaha). E pela escassez de domínios disponíveis, resolvi deixar assim, e até que achei bem a minha cara.

Bom, como disse no post sobre mim, moro nos Estados Unidos. A minha vinda pra cá foi um marco na minha vida e trouxe vários momentos inesquecíveis. Um deles foi a realização de um dos passos mais importantes e delicados na vida de um cristão: meu casamento. Importante porque pra nós, o casamento é um só. Temos consciência de que uma vez casados, a jornada passa a ser dividida com aquela pessoa para o resto das nossas vidas. E delicado porque é inevitável o medo de errar na escolha, de não estar no caminho certo, ou até mesmo da idade certa pra resolver casar.

Cheguei aqui em maio de 2011. Conheci o Washington em 2012 (não lembro exatamente o mês), começamos a namorar em maio, e nos casamos no dia 23 de fevereiro do ano seguinte. Como todos me perguntam isso, já vou dizendo: Ele é brasileiro também (inclusive somos da mesma cidade – não, não o conhecia no Brasil), tem 36 anos, e nos conhecemos de vista em um churrasco na casa da irmã dele. As piadinhas já começaram na hora de comer. Os irmãos dele e os amigos que estavam presentes no churrasco já nos perguntavam sobre o casamento e ofereciam os móveis. (eu quis muito me esconder mas prossegui rindo sem graça). Quem diria que eu estaria aqui falando sobre isso poucos anos depois, pra contar que aquela “brincadeira” deu início a isso. Nós nem chegamos a conversar naquele dia, mas depois de alguns meses estávamos juntos.

Me casei 1 mês antes de completar 21, e infelizmente há sempre aquela pessoa que quando vê uma menina nova com planos de casar já dispara:  “tem certeza que você quer casar com essa idade?”, “curte sua vida primeiro”, ou “vai estudar e ser independente primeiro, aí você pensa em casar”, dentre muuuitos outros comentários. Eu ouvia todo tipo de palavra, e a minha resposta era sempre era mesma: “Eu sou cristã, o que curto sozinha, posso curtir com meu marido. Seja  viajar, sair, conhecer lugares novos, etc”. Quem define o que você vai ser depois que casar é você mesmo. Um casamento não impede ninguém de fazer faculdade (as despesas são maiores, é claro, mas trabalhando no equilíbrio dos gastos dá sim pra estudar depois de casar). Eu, particularmente, nunca tive um carro no Brasil, e depois de 1 ano de casada, “ganhei” meu primeiro carrinho. E o melhor foi poder dividir a emoção do momento com a pessoa que escolhi pra estar do meu lado pra sempre!

O casamento em si não é um mar de rosas, e o dia a dia de um casal não é o mesmo visto em filmes. Afinal de contas, no filme as pessoas estão ali ensaiando falas e gestos de um personagem, e não delas próprias. A realidade é completamente diferente. Tem os momentos de descontração, de guerrinhas inesperadas e engraçadas, de “môoooo, pega uma toalha pra mim”, ou de “você fica pronta com quantos minutos? (deixa eu ver, se 1 hora tem 60 minutos, acho que vou estar pronta em uns 115)“, mas também tem os momentos sérios, momentos de adaptação, que podem ser extremamente difíceis se o Senhor não for o centro do relacionamento, pois “o cordão de três dobras não se quebra tão depressa” Ec 4:12b.

20130223-IMG_2010

Amo essa foto nossa e do cabo do guarda-chuva, que queria muito estar presente nesse momento, fazendo o que todos os guarda-chuvas fazem: mostrar que estão ali, seja pra virar do avesso na hora da chuva, mover com o vento e te deixar molhado, ou simplesmente tampar sua cara se por algum motivo você tirar foto segurando ele! hahahaha

Então é isso por hoje, que Deus abençoe vocês!